quinta-feira, 27 de maio de 2010

Uma Gestapo verde e amarela?

Estudantes correndo em desespero.
Uma enorme nuvem de gás e muita pancada distribuída fartamente.
Os portões da Universidade são invadidos pelas tropas.
O que ainda existia de autonomia foi pelo ralo na mesma proporção em que os soldados passam a prender os manifestantes. Agem como uma soldadesca furiosa, típica de qualquer ditadura.
Mas, muita atenção: esses militares são brasileiros, pagos com o dinheiro do contribuinte de nosso país.
A missão deles - supostamente, of course - é levar "Paz e Estabilização" ao destroçado Haiti.
Ao reprimir, com violência típica das tropas de ocupação, um ato de protesto civil, pácífico e constitucional, revelam sua verdadeira face de títeres a serviço de potências imperiais.
A propósito, a jornada dos estudantes haitianos que foi duramente reprimida levantava duas bandeiras singelas: a renúncia do presidente-fantoche René Preval e a retirada imediata das forças da ONU, lideradas pelo Brasil.
É hora de nossos soldados voltarem para casa.
Antes que cubram definitivamente de vergonha (e de mais sangue inocente) a bandeira que juraram defender.

Um comentário:

picanochao disse...

Oh! sr.Aldenor, afinal esse Carlos Slim, anda atentar comprar a PORTUGAL TELECOM, acabei de ouvir agora no telejornal... Aqui em Portugal, também vamos ter que o enfrentar... Porque é que um filha-da-puta desse calibre, com tanto dinheiro, não arruma a casa dele? A casa dele está toda desarrumada, e ele quer vir mexer nas dos outros...