quarta-feira, 16 de dezembro de 2009

Hasta la vista, baby

Uma foto, às vezes, vale por um milhão de palavras. Vale, sobretudo, quando pouco ou quase nada se tem a dizer. Ana Júlia (PT) e José Serra (PSDB), quem diria, têm muito mais em comum do que um observador ingênuo possa imaginar. Ambos precisaram disputar a chance de dividir o enquadramento nas objetivas dos repórteres fotográficos que cobrem o iminente naufrágio global em Copenhague, posando junto com o governador republicano da Califórnia e entusiasmado apoiador do clã Bush, Arnold Schwarzenegger.
O ex-ator e atual político conservador do estado mais rico dos Estados Unidos vem conseguindo operar com sucesso uma gigantesca operação de marketing ambiental. Para tanto, não lhe falta a ajuda de governantes dos países periféricos, ávidos por arrancar, de qualquer jeito, um lugarzinho ao sol nas primeiras páginas dos jornais de seus tropicais redutos.
Ana Júlia, por sinal, terá perdido uma boa oportunidade para ficar calada. Sugerir um intercâmbio em termos de projetos ambientais com o governo californiano soa quase como uma piada. Piada de péssimo gosto, of course.

2 comentários:

Anônimo disse...

kkkkkkkkkkkk
pensei que todos tinham perdido o senso do ridículo. Ainda bem que não!!!

Itajaí de Albuquerque disse...

Schwartzenegger, meu caro, não serve de exemplo em política ambiental para ninguém. Nem para aloprados. Por querer se opor a "boa" gestão ambiental de Arnie (esse é o apelido do "bodybuilder" republicano), Clint Eastwood recebeu um gentil bilhete azul do governador da Califórnia, despachando-o de um conselho governamental.