quinta-feira, 26 de fevereiro de 2009

Ele tem o glamour

Quando não está ocupado expedindo alvarás de soltura para o banqueiro Daniel Dantas, ou torpediando os direitos de índios e quilombolas, o ministro Gilmar Mendes, presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), arranja tempo para fazer o que mais gosta: assumir a cadeira de líder da oposição. De direita e visceralmente antagônica aos movimentos sociais, fique claro.
Em sua mais recente reação hidrófoba contra o MST, ele invocou uma medida provisória de 2001, assinada por seu chefe, Fernando Henrique Cardoso, criminalizando as ocupações de terras bo país. Note-se: as ocupações realizadas pelos trabalhadores rurais. Já a grilagem desenfreada promovida pelos engravatados do agronegócio, essa sempre será bem-vinda e estará sob a eterna proteção dos gendarmes da lei e da ordem.

2 comentários:

Francisco disse...

Caro poster,


O vento que venta lá, venta cá....

Indigne-se quando se mata um despossuido.

É uma justa indignação,a que todos aderimos.

Mas , até por equidade , vc também deveria manifestar-se quando criminosos ( e o são, efetivamente) matam pessoas ( ou pq estes são seguranças devem ser "despersonalizados '? ) cruelmente.

Esta sociedade não terá paz jamais, enquanto persistir esta ética reversa.

Atc

Anônimo disse...

Caraca! Perfeito! tem minha humilde concordância.