quarta-feira, 11 de março de 2009

Se eles querem o meu sangue

Não é verdade que a senadora Kátia Abreu (DEM-TO), também presidente da Condeferação Nacional da Agricultura (CNA), seja fã da Família Adams, com predileção muito especial pela personagem Mortícia.
De qualquer forma, o factóide patrocinado por ela ontem (10), ao pedir intervenção federal no Pará pelo não-cumprimento de ordens de despejos das centenas de famílias que ocupam propriedades rurais no Pará, não raro localizadas em extensas glebas fruto da mais desavergonhada grilagem, só reforça o sentimento de que não são poucos os que sentem saudades da Curva do S e de sua sanguinária lembrança.

3 comentários:

Paulo Fonteles Filho disse...

Caro Aldenor,

Hoje definitivamente ingressei no mundo digital através do www.paulofontelesfilho.blogspot.com
e os dois artigos lá publicados tratam da questão fundiária do Pará. O segundo, inclusive, está sob o título "Quais os desejos inconfessáveis da Senadora Abreu?".Leia e opine.

Com Amizade,
Paulo Fonteles Filho

Aldenor Jr disse...

Paulinho, caro companheiro:
Seja bem-vindo à blogosfera. Vou incluir seu link entre os favoritos do Página Crítica.
Um forte abraço e boa sorte!

Arlei Gonçalves disse...

gostaria de saber onde estão os senadores paraenses nessa hora?